CAIXA POSTAL #1


Esses dias me vi pensando sobre a tal da alta performance.


E eu cheguei na seguinte conclusão:


Para mim, para o meu corpo, toda vez que eu cruzei um pouco a linha (dormi menos do que deveria, me preocupei mais do que deveria, trabalhei mais do que deveria, passei do meu limite)...toda vez que fiz isso, minha saúde cobrou logo em seguida.


Pá Pum! Batata!


E ai cheguei em casa depois de um dia de trabalho puxado, já cansada falei para o mozão:


"Acho que nunca vou conseguir ser alta performance como muitas pessoas por aí são, porque meu corpo simplesmente não deixa. Ele me cobra!

Talvez o meu crescimento tenha que ser um pouco mais lento, porque eu tenho que ir respeitando meu limite."


E quando eu vislumbrei isso, chorei!


Afinal, quem não quer ver sua empresa decolar como um foguete?!


Sabe o que ele me disse?

"Talvez as raízes do que você está plantando tenham que ser mais profundas para sustentar tudo que você vem construindo e as coisas que vem pela frente, e ai vai demorar mais mesmo!

Olha tudo que você tem feito, as transformações que você vem causando!"


Eu to escrevendo isso, e rindo.

Porque ele veio dar exemplos da natureza para mim kkkk


Logo eu, que sempre fui tão ligada às plantas, esqueci de olhar para elas e aprender mais uma vez.


Não to escrevendo isso para me gabar, de forma alguma!

É só um lembrete pessoal de que às vezes a gente está no olho do furacão e não consegue ver os impactos que ele causam.

Que sorte a minha ter alguém ao lado para me lembrar disso, sempre que eu preciso.


---


Semana passada fiz um post no Instagram sobre a minha trajetória, e um amigo compartilhou nos stories.


Mandei para ele assim "Que honra!" Ele me respondeu "Você merece!".


No segundo seguinte minha mente "Será? Eu tenho feito tão pouco! Tem gente ai, causando transformações enormes na vida de outras pessoas, eu não faço nem 1% do que elas fazem!"


A Internet faz isso com a gente!

Medir a nossa vida, com a régua do outro!

Que doideira!


---


Ontem assistindo o vídeo despedida da Jout Jout ela finalizou com a seguinte frase


"Boa vida! Que você faça uma bela de uma revolução!

Que é o único lugar onde você pode fazer uma revolução.

E nem precisa mostrar para ninguém! Pode ser bem no silêncio!

Todo mundo que está fazendo revoluções silenciosas, vai sentir sua revolução!

E isso já basta!"



Bom Domingo! Boa revolução para nós!


---


Talvez esse seja o primeiro de alguns textos de reflexões e devaneios de um fim de semana olhando para dentro.

Chamei de caixa postal porque é como se eu enviasse cartas ou deixasse recados para o meu eu em algum lugar do futuro.

Não prometo frequência nem vou colocar regras porque é para ser algo livre mesmo.

Assim as coisas ficam bem mais leves!

Obrigada por ler até aqui!

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ATELIÊ DE CASA AFETIVA