JARDIM BONITO: O LIXO ORGÂNICO QUE VIRA ADUBO PARA AS PLANTAS!

Atualizado: 17 de fev.

Depois de um tempo suas plantas começam a ficar doentes? Elas perdem aquela vitalidade de quando você comprou? Provavelmente o problema é falta de nutrientes.


Nesse post vou falar o porque ela tão importante. Também vou compartilhar alguns métodos e ainda explicar porque o Jardim Bonito é uma ótima opção mesmo que você tenha zero conhecimento sobre o assunto


A natureza tem um ciclo perfeito!


Tudo que é criado por ela um dia volta para ela também.

A folha que cai da árvore, os pássaros que deixam cair sementes por ai, as abelhas que polinizam permitindo que a flor um dia vire fruto... é um ciclo complexo mas extremamente lindo.


Esse processo também disponibiliza todos os nutrientes necessários para que as plantas se desenvolvam da forma mais saudável possível.


Maaaass...quando nós colocamos uma planta no vaso, a natureza não tem como realizar esse ciclo de forma natural. Então, depois de um tempo a sua planta provavelmente precisará, vamos dizer assim, de uma dose de reforço!


Existem várias formas de introduzir novamente os nutrientes na terra em que a planta se encontra. Um desses meios é a adubação.


E se você já pesquisou um pouquinho sobre esse assunto, sabe que existem diversos métodos diferentes de adubar a sua planta, alguns mais práticos, outros que demandam mais conhecimento, alguns com rápida absorção outros com absorção mais lenta e prolongada.


Quais são os tipos de adubo?


Nós podemos fazer a separação em dois grupos principais:


Ôrgânicos

São aqueles de fontes naturais que pode ser vegetal (plantas) ou animal.

Normalmente eles tem uma liberação lenta e mais prolongada, pois eles são liberados através do processo de decomposição que acontece na terra.


Alguns exemplos de adubos orgânicos:

  • Húmus de Minhoca

  • Esterco

  • Farinha de Ossos

  • Chorume (vamos falar mais sobre esse tipo)


Inorgânicos

São os fertilizantes químicos preparados em laboratórios/fábricas pois normalmente tem um objetivo mais específico e contêm a quantidade exata necessária para a planta.


Eles podem ser:

  • Pronto uso: você pode aplicar diretamente na planta

  • Concentrado: devem ser diluídos antes da aplicação

  • Pastilha: é prático e você precisa enterrar ele no vaso

  • Granulado: normalmente usado na formação do vaso, pois deve ser misturado à terra na proporção correta. Se você precisa trocar a sua planta de vaso, esse é um ótimo momento para aplicar esse tipo de adubo.


ATENÇÃO!

Independente do tipo, é MUITO importante ler as instruções do fabricante sobre o método de aplicação. Adubo em excesso também pode matar a sua planta, ok?



Sabia que a compostagem gera um adubo riquíssimo em nutrientes?


Alimentos orgânicos que iriam para o lixo pode ser transformados em adubo através do processo de compostagem.

Que nada mais é do que um processo natural de decomposição dos alimentos.


Na composteira nós contamos com a ajuda das minhocas para acelerar esse processo que funciona desse jeito:

1-Nós colocamos o resíduo orgânico na composteira.

2-As minhocas começam a se alimentar desses resíduos e à partir daí são gerados dois


adubos.

O primeiro é o húmus, que nada mais é do que cocô de minhoca kkk é isso mesmo que você leu!

O segundo é um resíduo líquido super concentrado em nutrientes, que é chorume.


Jardim Bonito é ouro na garrafa!


A compostagem demanda uma certa atenção e cuidado, pois mesmo se tratando de um processo natural, podem ocorrer alguns desequilibros no ecossistema que se forma ali dentro.


Mas é aqui que o fertilizante Jardim Bonito veio para nos salvar! Ele é exatamente esse chorume gerado ao final do ciclo da compostagem.



E por estar assim, embalado na garrafinha torna o processo muito mais simples para nós!


Como eu disse antes, ele vem num formato super concentrado e por isso deve ser diluído antes do contato com a sua planta.


Como faço a diluição?


Uma garrafinha pequena dessa com 250ml rende que é uma beleza e você pode utilizar a tampa como medidor.


1 tampa = 5ml


Você deve diluir 1 ou 2 tampinhas em 1 litro de água!


Se essa for a primeira vez que você vai aplicar, é melhor errar para menos do que para mais, certo?

Então você pode aumentar a quantidade de ÁGUA um pouco.

Mas se você seguir essa recomendação acima à risca, não pode ir que é sucesso!


Como faço para aplicar?


Eu prefiro aplicar o adubo com o borrifador (pode ser qualquer embalagem com bico spray), pois ele é mais sutil na aplicação, mas se você não tiver, pode diluir em um balde/garrafa.


Esse é o jeito que eu faço a adubação das minhas plantas:


1º Regue a sua planta em abundância para que toda a terra do vaso fique molhada

2º Deixe a água escorrer por completo;

3º Aplique o adubo diluído na terra e nas folhas.

*Se a sua planta estiver com flores, aplique somente na terra, ok?


Vantagens do Jardim Bonito


Por se um adubo do tipo líquido, as plantas fazem uma absorção mais rápida dos nutrientes. Caso a sua planta esteja doente ou com algumas praga, ele é tipo de adubo mais indicado exatamente por esse processo ser mais acelerado.

  1. Melhora as condições fisiológicas da planta ( planta forte são mais resistentes às pragas como pulgão e cochonilha)

  2. Promove o enraizamento saudável e a floração. As raízes da sua planta são as grandes responsáveis pela absorção dos nutrientes, então raíz saudável, planta saudável.

  3. Além disso tudo, ele é indicado para todas as espécies, então você pode aplicar em todas as plantas da sua casa. Das folhagens às frutíferas pode acreditar que é sucesso.

Dicas Bônus


1. Repita a adubação a cada 20 dias!

2. Ao regar ou adubar, não deixe a sua planta exposta ao sol, tente fazer isso sempre ao final do dia!

3. Faça um registro para acompanhar o ANTES e DEPOIS da sua planta :)


Comenta aqui que achou desse conteúdo e se quer ver mais posts assim?

Ah! E não esquece de seguir a nossa página do instagram @nos.emnos


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo